XV de Jaú empata jogo-treino contra Itapirense

Como quarta partida preparatória, Galo alegra comissão ao demonstrar alto desempenho

(Assessoria XV de Jaú – Guilherme Petian) Na tarde desta quinta-feira (15), com foco na preparação para o campeonato Paulista da Segunda Divisão, o XV de Jaú viajou até Itapira para realizar jogo-treino contra o time local. A partida aconteceu no Estádio Coronel Francisco Vieira, foi dividido em 3 períodos de 30 minutos e o Galo voltou para casa satisfeito com o desempenho, além de um empate de 2×2.

O primeiro período da partida foi marcado por muita pressão da equipe do Galo em cima do time da casa. Com muitas faltas sofridas, o XV se destacou e, com posse de bola superior e construção de boas jogadas, abriu o placar na segunda etapa, com um belo gol de Gabriel Mello, de falta. Com gol de pênalti, ainda no segundo período, a Itapirense alcançou o empate.

Após estes gols de bola parada, a equipe de Itapira abriu vantagem, com gol de validade duvidosa, no terceiro período, o que durou pouco tempo, quando o atacante Luzinel balançou a rede para a equipe do Galo após jogada individual. O empate foi mantido até o final da partida.

Segundo Jean Rodrigues, técnico do Galo da Comarca, a equipe realizou uma apresentação muito boa neste quarto-jogo treino. “A gente está evoluindo muito e tivemos uma jogabilidade muito boa contra o time da casa. Infelizmente, quando realizamos partidas fora de casa, temos o problema de jogar com árbitros improvisados da comissão e do próprio time da casa, o que acaba nos dificultando. Neste jogo, poderíamos ter saído com um placar muito positivo e elástico. […] Voltando ao assunto do nosso time, fizemos um jogo muito bom, estamos com uma transição boa e creio que, deste jogo, o que podemos tirar de positivo é que os atletas estão entendendo cada vez mais a maneira como devemos jogar. Estou muito satisfeito”, finaliza Jean.

O preparador físico Fabrício Traczinski também expressa sua satisfação com a evolução física dos atletas.

“Observamos uma evolução na parte física do grupo de atletas. Mas, claro, como temos uma pré-temporada mais longa, mais de 80 dias, estou procurando não forçar muito para não termos uma queda de rendimento em meio a competição. Estamos dosando os trabalhos para poder ter ganho de aptidão física nos jogos. Com nível alto durante a preparação, poderíamos ter uma queda brusca de rendimento físico. O nosso objetivo é que os jogadores tenham ápice da parte física na competição”, conta Fabrício.

O Galo da comarca segue firme neste período de preparação e, acima de qualquer resultado de placar, vem se destacando e evoluindo. Logo, as próximas partidas preparatórias serão divulgadas.

compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin